"Na atual sociedade da informação, o que se procura (...) é o líder sábio, cuja capacidade de guiar as pessoas seja apurada pelos caminhos do conhecimento e da ética"

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Você Já Era!


E não é que as grandes publicações para o mundo corporativo estão entrando na conversa?
Me explico. O título acima é a chamada da revista Época Negócios deste mês (julho). A provocação vem logo em seguida às características que ainda no presente o meio empresarial valoriza em seus líderes e gerentes. Pergunta o título:
Obsessivo?
Carismático?
Superespecialista?
Workaholic?
E dá o veredito imaginando a obviedade das respostas de seus leitores: VOCÊ JÁ ERA!
À página 90 vemos uma citação do discurso de Gary Hamel:
Em grande parte, sua empresa está sendo administrada, neste exato momento, por um pequeno grupo de teóricos e profissionais que já morreram há muito tempo e criaram as regras e convenções da gestão ‘moderna’ nos primeiros anos do séculos 20.
Em minha singela versão dessa ênfase, estou batendo na tecla de que precisamos administradores e líderes pós-Taylor. Impossível querer usar as regras do passado (e coloque passado nisso e ainda multiplique pela velocidade das transformações do tempo chamado hoje), sem ser radicalmente punido por isso.
Esse grito de acordar tem agora aliados entre os que influenciam o curso do mundo corporativo.
Como ser um gerente visionário que expande o seu horizonte de opções e alternativas para realizar mais com menos, saltando, usando atalhos e cortando etapas, antecipando-se e garantindo-se em resultados?
E para você, qual o futuro da administração? Como você administraria sua empresa? Compartilhe suas ideias conosco!
Fonte: Superempreendedores

Nenhum comentário:

Postar um comentário